Adm da Unibahia 2016.1
Irisjane Janine de Moradillo Santos


Família Decor Eventos,


Venho por meio deste e-mail em nome de toda a turma de Administração – Unibahia – 2016.1, agradecer a todos vocês por terem feito do nosso momento único e especial. Estava tudo maravilhosamente lindo!!! Um obrigada em especial a Taiana que nos acompanhou desde o início e foi uma mestre de cerimônia incrível. Obrigada de coração Taiana, desejamos muita saúde pra você e esse lindo bebê que logo virá ao mundo, felicidades e muito amor para vocês. A Paulo, a quem eu (Irisjane Janine) abusei inúmeras vezes e que com certeza já não aguentava mais minhas ligações, rs... Agradecemos imensamente! Continue fazendo o seu trabalho com muito amor e dedicação porque o resultado é incrível e com o nosso resultado não foi diferente, foi LINDO, obrigada mesmo por tudo! Agradecemos de coração a Fabiana e todas as meninas que também nos ajudaram durante a solenidade e durante todo esse percurso. Vocês são 10!! Mandem um abraço especial a Alonso e Sidnei pelas fotos e vídeos, eles também foram de grande importância para nós e com um trabalho show. Enfim, a todos vocês da família Decor Eventos que nos atenderam com tanto carinho e dedicação, agradecemos de coração.

Queremos deixar também as nossas condolências por Dona Sandra, sabemos o quanto é difícil se manter forte e continuar o trabalho após a perda de uma pessoa tão importante e amada por vocês. Em meio a essa tristeza vocês foram fortes e nos tranquilizaram quando foi preciso, fazendo da nossa solenidade marcante. Não temos palavras para agradecer a vocês por tudo. Nosso mais sincero desejo e que vocês possam encontrar uma maneira linda para seguir em frente, lembrando sempre das coisas boas e continuando o trabalho excelente que vocês fazem. Que Deus ilumine e possa confortar o coração de vocês nesse momento difícil e que as boas lembranças sejam maiores do que a tristeza na mente e no coração de vocês.

Tem uma mensagem de Sônia Carvalho que diz:

“Sim, em muitos momentos da vida, alguém especial tem que partir antes de nós. E fica a pergunta: “Como continuar?” A dor é forte demais e a vontade de desistir persiste. Porém, podemos e devemos continuar. Se o sorriso de outrora não pode mais ser visto, procuremos encontrá-lo na alegria expressada no rosto de uma criança carente que acabamos de auxiliar. Se as mãos não podem mais ser tocadas, levemos o calor de um abraço sincero a quem passa por grandes sofrimentos. Se a música não pode mais ser dançada, espalhemos a melodia entre os enfermos de um hospital. Se a voz não pode mais ser ouvida, procuremos semear palavras de esperança por onde andarmos. Se as estrelas não têm o mesmo brilho de outrora, nos esforcemos em iluminar o caminho daqueles que se encontram entre as trevas. Se não podemos mais oferecer flores, trabalhemos para florir todos os jardins do mundo. Se a luz parece ter ido embora, procuremos suavizar a escuridão que reina em tantos lares necessitados. Se o riso se foi, procuremos trazer alegria para quem está desanimado diante de tantos obstáculos. Se o sol deixou de brilhar, transformemo-nos em um farol para iluminar o caminho de quem se encontra perdido. Se a ausência parece machucar o nosso coração, procuremos levar esperança a quem deixou de acreditar. Se os encontros perderam a sua graça, procuremos entender o milagre que podemos realizar quando estendemos a mão a quem está caído. Se o físico se foi, o espírito ainda vive e sente. Devemos acreditar que o reencontro está marcado. Sim, devemos continuar. Devemos sentir saudades sim, mas jamais tristeza. Devemos preencher o vazio que sentimos com gestos de amor. Porque só o amor é capaz de grandes transformações. Só o amor rompe todas as barreiras. Só o amor cala as nossas feridas. E só o amor nos leva a crer que não importa as perdas que a vida nos impõe, devemos sempre continuar.”

Então, é isso que vocês devem fazer... Continuar e continuar sempre em frente! Mais uma vez, recebam a nossa gratidão e o nosso carinho. Um grande abraço apertado em todos vocês!  

  

Irisjane Janine de Moradillo Santos e toda a turma de Administração da Unibahia 2016.1.